Lana Del Lovers
Lana Del Rey - The FADER (2014)

10 fatos que marcam a vida de um fã de Lana Del Rey

Todo fã de Lana Del Rey já passou por aquele momento “OH MEU DEUS”, quando descobriu algo sobre a cantora. Também tem aqueles que já passaram por momentos intitulados “FODA” (como conhecê-la). Sendo assim, resolvi listar alguns acontecimentos, descobertas e sustinhos em geral que todo fã passa ao decorrer do tempo —  alguns podem já ter passado por isso, por estarem na fanbase desde o começo de tudo, mas se você ingressou nesse mundo de fantasias agora, então se prepare.

10. O alcoolismo de Lana Del Rey.

Muitos fãs costumam ficar com aquela cara de paisagem quando descobrem que Lana Del Rey era viciada em bebidas alcoólicas, e não é pra menos! Quem diria que a moça com aquele jeito todo doce e meigo era louca por uma “birita”? Felizmente seu pai a mandou para um internato, onde foi tratada e hoje está curada do vício.

09. “Queria estar morta.”

Vamos falar a verdade: quando foi divulgada aquela entrevista que Lana concedeu ao The Guardian, em que ela disse que queria morrer, nós ficamos desesperados, não foi? Muitos dos fãs começaram a subir tags no Twitter com mensagens de amor à Del Rey, com medo de um possível suicídio. Depois de um tempo, a moça que tem hoje 30 anos e não 29 (e que tinha 28 na época e não 27, como muitos pensam), se retratou e disse que a entrevista foi manipulada pelo entrevistador. Será? Bom, isso pelo menos nos rendeu um daqueles memes que se encaixam em qualquer situação.

08. A descoberta das chamadas unreleaseds.

Com certeza você já ouviu uma unreleased (música não lançada oficialmente). Elas geralmente são músicas que o cantor ou gravadora descartam por não agradar muito e algumas acabam vazando. Alguns artistas tem uma lista imensa de músicas descartadas que caíram na rede, e se você é fã de Elizabeth Woolridge Grant, sabe muito bem do que estou falando. A donzela tem mais de 300 canções vazadas, dentre elas estão demos, canções não finalizadas e músicas já finalizadas, mas que por alguma razão não estão em álbum nenhum (como é o caso de Serial Killer). A descoberta dessas lindas canções marca a vida de um fã de Lana Del Rey pelo simples fato de que você nunca vai ficar sem músicas dela pra ouvir.

07. A Seita!

Lizzy Grant balançou seus fãs quando em 2014, durante uma entrevista à revista GRAZIA, revelou que participou de uma seita. Sim, isso mesmo que você leu. Uma S-E-I-T-A! Mas calma, se você não sabia disso, não tire conclusões precipitadas. Não era seita satânica não, e sim uma seita “religiosa”, e quem a comandava era um guru. Mas segundo ela, o cara não era boa pessoa, pois ele achava que tinha que “destruir” as pessoas para poder “construí-las” novamente. Pode não ser algo tão relevante, mas que deixou muito fã com a pulga atrás da orelha, disso eu não tenho dúvidas.

06. A busca de Lizzy Grant por fama.

No ano passado, Lana Del Rey revelou à revista Complex que havia “feito amor” com muitos caras da indústria musical, mas que nenhum deles ajudou ela com sua carreira. Isso foi um choque! Bem, nem tanto, mas de qualquer forma foi uma surpresa para muitos. O melhor é saber que essa “tática” realmente não deu certo e que ela hoje faz sucesso por que se esforçou e trabalhou duro pra isso.

05. A descoberta de suas inspirações.

Lana Del Rey trás em sua música uma carga cultural muito grande e isso é fato! Muitos fãs passam a ler, escrever, ver filmes e fazer muito mais coisas graças à ela. Vladimir Nabokov, Walt Whitman, Robert Frost, Nina Simone, Billie Holiday… Todos eles estão presentes em suas músicas, seja com citações, covers ou até mesmo por inspiração. Eles estão lá! Com isso, ela leva cultura para seus fãs e prova que suas músicas estão muito além de serem apenas palavras. Elas são inspirações com pesada carga cultural e claro, são desabafos da alma. Com toda certeza, ouvir Lana Del Rey faz você conhecer muita gente.

04. Ver um clipe de Del Rey pela primeira vez.

Sem dúvidas, aquele momento em que Lana lança um vídeo novo é fantástico. Tudo que ela faz é com muito amor e muito pessoal, nossos olhos chegam a brilhar cada vez que vemos algo novo que ela fez, principalmente um clipe. Vai dizer que não ficou encantado quando viu Born To Die, Blue Jeans ou Shades Of Cool pela primeira vez? É uma das melhores coisas, principalmente quando se cria muita expectativa antes do videoclipe de ser lançado.

03. A compra do primeiro CD.

Ainda lembro do dia que meu Born To Die chegou. Eu tremia de felicidade! Ao ver que aquele objeto tão cobiçado por mim enfim pousou em minhas mãos foi algo maravilhoso. Lógico que isso não foi só uma vez. O mesmo se repetiu com o Born To Die: The Paradise Edition e Ultraviolence. Todo fã ama esse momento e com certeza marca a vida dele, é algo que vai se lembrar sempre.

02. O passado de Lana Del Rey.

É realmente chocante pra um fã descobrir coisas sobre o misterioso passado de Lana Del Rey. No começo, organizar as ideias e saber que Lana Del Rey e Lizzy Grant são a mesma pessoa não é fácil, é um choque! Até hoje não se sabe ao certo o motivo pelo qual a cantora mudou tão radicalmente. Não se sabe se ela fez cirurgias plásticas ou não. Isso pode até ser mistério, mas de uma coisa eu sei: Lana Del Rey não é fabricada, ao contrário, é hiper-mega-super autêntica e carrega sua forte personalidade com garra. Enfim, no começo é muita informação, é difícil absorver a ideia de que Lizzy é Lana, mas no final é possível perceber que as duas personalidades se completam e se fundem em uma só.

01. Ir à um show de Lana Del Rey.

Essa não poderia faltar na lista e nem poderia ficar em outra posição. Sem sombra de dúvidas, ir à um show de Lana Del Rey marca a vida de um fã pra sempre. Não faltam relatos de que a performance da cantora é mágica, doce e sensual. Dá pra perceber isso de cara nos vídeos das performances dela. Não existe alguém que cante como Del Rey ou se apresente como ela no palco. Mesmo algumas vezes estando nervosa, ela não deixa de brilhar e transmitir todo o amor que sente, de fazer o que faz com carinho e sempre pensando nos fãs. A música de Lana Del Rey é, portanto, algo raro e único, doce e atraente, suave aos ouvidos de quem ouve e suas performances são deslumbrantes, elegantes e hipnóticas aos olhos de quem vê e aprecia.

Vinícius Dias

  • Leonardo

    Perfeito! <3

  • Karine Britto

    Me: Ir à um show de Lana Del Rey
    Até hoje eu ainda não acredito que fui no show dela no Planeta Terra <3

  • Karlen Lavigne

    Maravilhoso !!!