Lana Del Lovers
Lana Del Rey e Billie Eilish no 35º 'ASCAP Pop Music Awards' em Beverly Hills, Los Angeles, no dia 23 de abril de 2018.

Billie Eilish fala sobre quando conheceu Lana Del Rey em entrevista à ‘Clash’

Em entrevista à Clash, a cantora e compositora Billie Eilish falou sobre quando conheceu Lana Del Rey no ASCAP Pop Music Awards em Beverly Hills, Los Angeles, em abril deste ano, e revela que Off To The Races, canção presente no álbum Born To Die, é uma grande inspiração. Leia abaixo a tradução de trechos da entrevista:

É a mesma autoconsciência reprimida — enterrada sob um esteriótipo de adolescente mal-humorado — que surge em breves vislumbres quando Billie fala sobre quando conheceu Lana Del Rey pela primeira vez. “Oh, meu Deus, foi insano… Lana Del Rey é a pessoa mais doce do mundo e ela é minha fã. Eu estava tipo: ‘Que porra é essa?’ Isto é tão estranho. Eu estava na premiação ASCAP Pop Music Awards e ela estava lá, então meu profissional de relações públicas disse: ‘Lana está aqui, você quer conhecê-la?’ E eu fiquei tipo: ‘Mm-kay’. Então nos aproximamos e eu a conheci. Acho que ela disse que eu parecia uma tangerina ou algo assim porque eu estava usando laranja. Ela me tratou como uma criança. Foi muito adorável. Eu não deixaria ninguém mais me tratar assim, mas era ela, então estava tudo bem.”

Billie inclui Lana Del Rey como uma grande influência em seu próprio trabalho, mencionando a entrega vocal dela em Off To The Races como uma principal inspiração. “É a música mais foda que eu já ouvi em minha vida”, ela diz antes de recitar a letra e mostrar — entre tons altos e baixos — o que a faz ser uma canção tão singular. “No começo ela está nessa voz baixa e rouca, e é tipo: ‘My old man is a bad man…’, entende? É um tom baixo, de verdade. E então o refrão é tipo: ‘And I’m off to the races…’ e é com a voz de uma pequena criança. O fato dela poder fazer isso, e ela faz muito disso, é muito interessante para mim.”

Tradução por Cássio Bauer e Thiago Goedert — Equipe Lana Del Lovers.
Entrevista original por Steph Kretowicz à Clash.