Lana Del Lovers

Just Jared | Entrevista exclusiva com Lana Del Rey

Lana Del Rey espreme a melhor amiga e atriz Jaime King em uma abraço na FM 102.7 KIIS Studios na semana passada em Los Angeles.

A cantora de 26 anos sentou-se com o JustJared.com para uma entrevista exclusiva antes de realizar uma sessão acústica de sua nova música Ride.

Aqui está o que Lana compartilhou com nós:

Qual é sua música favorita do seu álbum Born To Die – The Paradise Edition (nas lojas agora)?

Eu realmente amo “Cola” e “Bel Air”. Ambos têm uma espécie de grande influência da Costa Oeste, mas ainda muito sensual como cordas radicais cinematográficas. Mas “Bel Air” é mais pessoal para mim, e é a faixa que fecha o disco.

Quão auto-biográficas são suas músicas?

Elas são, eu diria que 90%. Normalmente, o que acontece é que, todos os versos são sempre autobiográficos até o refrão. Eu costumo deixar algum espaço para a minha imaginação ‘entrar’. Se eu estou cantando sobre a maneira que as coisas costumavam ser, na hora que eu chegar ao refrão eu poderia começar a cantar sobre a maneira que eu gostaria que tivessem sido.

Você tem letras favoritas de qualquer uma das músicas que você já liberou?

Eu gosto da justaposição do verso e o refrão em Born To Die. Eu gosto da ideia do verso, “Feet don’t fail me now, take me to the finish line.” Passa um sentimento da luta do dia-a-dia e de como as coisas podem ser difíceis, mas na hora que eu chego ao refrão eu canto: “Come and take a walk on the wild side, let me kiss you hard in the pouring rain.” Eu sinto como se fosse esses dois mundos da obscuridade e da luz se juntando. A luta de cada dia, mas também sentindo momentos fugazes de felicidade e amor verdadeiro, e beijar na chuva.

O álbum já tem um próximo single?

Cola. Eu tenho um par de projetos de arte e eu realmente espero que eu possa colocar Bel Air e Gods and Monsters em um curta-metragem.

Que tipo de projetos de arte?

Anthony Mandler e eu ainda estamos trabalhando juntos, ainda nos falando. Tínhamos um projeto em mente, mas eu não tenho certeza se iremos realizá-lo. Podemos simplesmente sair por conta própria e misturar seu olho para o cinema com a minha música, e criar um curta-metragem 20 minutos.

Com base nas novas músicas do Paradise?

Na verdade com base mais em uma ideia que tivemos juntos, mas espero apenas colocar a música e torná-lo algo com sentido.

Agora, algumas perguntas aleatórias! Quais são os seus Top 5 filmes?

Boa pergunta! Eu amo Godfather I & II. Eu gosto de American Beauty. Eu gosto de Don’t Look Back, um documentário sobre Bob Dylan por D.A. Pennebaker. Eu gosto de Sin City. (risos) [Nota de JJ: Jaime King estava na sala – ela protagoniza o filme.]

Qual é a sua maior inspiração seja uma pessoa, lugar ou coisa?

Essa é uma boa [pergunta]. A minha própria imaginação, e minha própria visão para a forma como o meu futuro poderia ser é inspirador para mim. A paisagem da Califórnia, a energia de Nova York. O potencial que eu vejo em possíveis novos avanços tecnológicos inovadores que estamos fazendo no dia-a-dia.

Qual a visão que você vê para si mesma?

Estou próximo da visão que eu sempre tive, que é ter sorte o suficiente de ter tempo para transformar minha vida em uma obra de arte. Para esculpir a minha vida do jeito que eu quero que pareça para as pessoas que eu conheço à música que eu faço com a arte eu quero continuar tentando fazer, e tempo com a minha família. Sinto-me em linha com a visão que eu tenho.

Como você tem feito tanto na indústria da música, há uma outra indústria do entretenimento que você gostaria de mergulhar?

A única coisa que eu posso realmente me deslizar facilmente é… O cara que compôs o Paradise realmente não ‘funciona’ na música pop, ele é um compositor para filmes na Califórnia e ele é um dos meus amigos mais antigos. Eu podia ver-nos naturalmente marcando música para filmes, e isso seria uma transição muito confortável. É bom ficar em Los Angeles, é bom estar em casa, mas sair tarde da noite e trabalhar em peças que o movem para filmes que você ama. Isso seria ótimo.

Você faria alguma coisa nas férias?

Provavelmente acabaria sendo muito triste, então eu não sei. Eu posso não ser a melhor candidata para as férias! [risos]

O que podemos esperar de Lana Del Rey em 2013?

Provavelmente apenas mais do mesmo. Eu realmente amo o Paradise, me parece ainda mais natural do que o Born To Die original. Eu realmente quero apenas apreciá-lo. Eu vou fazer uma turnê com o meu namorado [Barrie James O’Neill], ele está vindo comigo! Nós estaremos em turnê juntos por 70 dias na Europa. Estou animada com isso.

Ele [Barrie] está trabalhando nisso também, ou ele estará apenas acompanhando você?

Ele estará cantando. Sua banda, Kassidy, vai cantar. Então, nós estamos indo para Viena, na Itália, e esperamos que todos os nossos amigos virão também. Nós vamos ter uma caravana.

Qual é a fotografia favorita que sua irmã [Chuck Grant] já tirou?

Quando costumávamos viver juntas em Nova York eu costumava comprar esses tanques de peixes elétricos da loja do dólar, e eu costumava fazê-la tirar fotos de mim na frente dos tanques de peixes. Minhas unhas eram muito longas naquele tempo e eu pressionava para cima contra os tanques de peixes e aquilo parecia louco. Nossos estilos foram desenvolvidos juntos, de forma criativa, para refletir o nosso amor pelo estilo americano kitsch. Sempre que ela saia para o trabalho, então voltava, e havia flâmulas na casa e banners da loja de festa que ela odiava, mas começando neste estilo que eu comecei a definir qual caminho os vídeos iam.

Qual é o lugar mais romântico, para você, no mundo?

Eu não sei, eu sou muito romântica … então posso encontrá-lo (romantismo) em tantos lugares. Eu amo fazer longas caminhadas. Eu amo a Califórnia, eu amo Nova York, e eu também gosto de Paris.

Qual foi a coisa mais romântica que você já fez por alguém?

Quando eu conheci o meu namorado… Sempre dizemos que estávamos escrevendo um para o outro, mas não sabíamos disso até que nos conhecermos. Então, você se sente como se mesmo que não conhecesse a pessoa antes, todas as músicas são para ela agora. Isso é romântico.

Qual é a música mais romântica para você?

Eu amo esta canção de ninar que [meu namorado] Barrie escreveu, eu acho que é bonita. Fui realmente abençoada por ter um monte de romance em minha vida. É como meu último luxo.

Qual é o melhor presente que você recebeu de um fã?

Quando eu costumava ficar no Chateau Marmont, havia um garoto mais jovem que veio e me fez esse grande livro de sua própria versão das capas dos meus álbuns, e ele misturou com tablóides dos anos 50 e 60. Então eu tenho este álbum com capas potenciais que ele achava que eu deveria fazer o qual fora misturado com filme noir, recortes do jornal pop-art e que eu pensei que fosse tão bom.

Onde você guarda todos os presentes que recebe dos fãs?

Eu tenho uma caixa que fica embaixo da minha cama!

Você tem um momento mais embaraçoso da turnê?

Da turnê? Há tantos momentos assim! É como se tudo fosse embaraçoso porque é ao vivo. Compartilhamos muitos momentos pessoais juntos. Todos os meus vestidos são realmente curtos, e eu fico muito perto do público… Eu não sei.

Qual foi a experiência mais surreal para você desde que ‘estourou’?

Eu acho que me sentir tão confortável em lugares como a China, me sentindo tão natural de estar em Xangai ou estar em Cingapura e sentir que tenho amigos lá. Eu diria que sentir que você tem amigos onde quer que vá é surreal quando você vem de uma cidade mais isolada. Isso realmente ‘abre o mundo’ para você.

Você tem uma performance mais memorável?

Acredite ou não, foi recentemente. Comecei a trabalhar com a Jaguar, e eu fui para Paris, onde estavam revelando seu novo F-Type. Eu tinha que andar por este tapete de aproximadamente 60m, assim como esta tempestade parou neste vestido branco longo, e meu amigo teve que me escoltar com um guarda-chuva por todo o caminho até o microfone. Eu cheguei lá em baixo e eu cantei a música que eu havia escrito para o seu carro novo, e eu disse que estava orgulhoso de Ian, que foi o designer que tinha apresentado um esboço do carro quando ele tinha sete anos e, finalmente, o trouxe à vida todos estes anos depois. Então eu fui terminar de cantar e dois carros esportivos começaram a se mover ao redor do palco e a roncar os motores e foi realmente elétrico. O público estava deslumbrado com os carros e as luzes e o som, foi muito surreal.

Você pode comentar sobre os rumores de que você vai ser o novo rosto da Versace?

Eu tenho que ser honesta, eu não sei de onde veio isso! Versace é uma marca que amamos, mas… não estamos trabalhando juntos.

Vivo ou morto, há alguém que você ainda não encontrou e que você gostaria de?

Há tantas pessoas quais as qual eu gostaria de conversar. Há tantas pessoas que eu gostaria de apenas sentar-me com. Eu gostaria de sentar-me com Elvis e aquela multidão em Graceland.

Como você passará o dia de Ação de Graças?

Charlie, meu irmão, e eu, vamos estar em algum lugar em Londres. Nós vamos ter terminado de falar sobre o disco, por isso vamos estar em Londres. Em seguida, para o Natal, esperamos estar de volta aqui e estar com a família toda.

 

Tradução por Gabriela Mendes – Equipe Lana Del Lovers
Entrevista original por Just Jared.