Lana Del Lovers
Lana Del Rey - Coachella

NYLON: As 10 melhores unreleaseds de Lana Del Rey

Em um artigo publicado nesta segunda-feira (09), o site da revista NYLON listou as 10 (dez) melhores unreleaseds de Lana Del Rey. Leia abaixo a tradução do artigo:

Para conhecer Lana Del Rey, é preciso saber que ela tem muitas unreleaseds [canções que não foram lançadas oficialmente e que acabaram vazando]. Felizmente, ela também tem uma legião de fãs que têm como missão não apenas ir atrás destas faixas, mas também hospedá-las na internet. E, embora Del Rey nunca tenha sido fã de vazamentos, até ela parece entender por que esses “lançamentos” são tão importantes para seus fãs. No ano passado, ela disse que estava pensando em montar um álbum dedicado às músicas que vieram à tona antes de seu tempo. E na semana passada, ela mesma compartilhou uma antiga demo da música Elvis de 2008.

Segundo rumores, existem mais de duzentas unreleaseds de Del Rey espalhadas pelo mundo — uma quantidade maior de músicas do que seus lançamentos oficiais. A seguir, listamos algumas de nossas favoritas, desde os dias de MySpace e Lizzy Grant até hoje. E assim como a qualidade inefável de uma rosa, uma música de Lana Del Rey com qualquer outro nome ainda soa doce.

Kinda Outta Luck

Esta música foi lançada mais ou menos na mesma época que Video Games e veio acompanhada de um videoclipe de estética similar ao que levou a cantora ao estrelado. Video Games a colocou no centro das atenções, mas Kinda Outta Luck não é menos espetacular. É interessante pensar em onde a carreira dela poderia estar se esta música fosse a primeira introdução do mundo à cantora.

Dangerous Girl

Em uma entrevista de 2010, Del Rey disse que esta música é sobre “como todo relacionamento americano dá errado”, o que, para ser honesto, poderia ser usado para resumir a maioria de suas canções.

Get Drunk

Get Drunk começa com Del Rey declarando: “Eu estou dormindo com o seu melhor amigo.” Alguns fãs acreditam que a música é sobre o problema com bebidas alcoólicas que ela teve durante sua adolescência — na maior parte da faixa, a cantora encontra-se implorando para alguém vir beber com ela.

Never Let Me Go

A canção, gravada em 2010, encarna a característica “viva rápido, morre jovem” presente em tantas outras músicas de Del Rey. E sabe de uma coisa? Às vezes a consistência é legal.

Queen Of Disaster

Por outro lado, também é bom ouvir artistas experimentarem sons diferentes. Esta música é mais Motown [movimento musical iniciado pela gravadora Motown Records que apresentou artistas como Marvin Gaye, The Jackson 5, entre outros]do que qualquer coisa que já ouvimos de Del Rey, mas ainda com seu cantarolado característico.

Serial Killer

Esta música foi gravada como uma das primeiras faixas do segundo álbum de estúdio de Del Rey, mas foi deixada de fora da tracklist oficial. É uma canção sobre uma sociopata perseguidora com uma batida de trip hop. Nada mais Lana que isso.

Pawn Shop Blues

Os fãs obcecados por Del Rey provavelmente dirão que esta é uma das suas unreleaseds favoritas, além de ser uma das mais tristes. “Nenhum homem pode me manter inteira”, ela canta. “Estou partida desde que nasci.”

Back To The Basics

A maioria das músicas de Del Rey têm uma característica singularmente sombria, mas não nesta. Back To The Basics é realmente otimista, feliz e inclui a já conhecida mensagem da cantora de amar alguém que você provavelmente não deveria, mas não se importando com as consequências.

Prom Song (Gone Wrong)

Claro que Lana Del Rey teria uma música sobre o clássico baile do colegial. Há algo que melhor incorpore romance e juventude de conto de fadas do que uma dança do ensino médio? A música também se chama Dreams e Teenage Wasteland.

Hollywood

Del Rey reconheceu a existência desta música durante uma transmissão ao vivo realizada através do Instagram no ano passado, depois que um fã perguntou sobre Hollywood’s Dead, uma outra unreleased: “Na verdade, havia uma música, Hollywood, que vazou com a produção errada”, disse ela. Ou seja, há outra versão desta faixa perdida em algum lugar do espaço celeste. Depois de cantar um verso da canção, Del Rey disse que pretende lançá-la oficialmente no futuro.

Tradução por Thiago Goedert — Equipe Lana Del Lovers.
Artigo original por Taylor Bryant à NYLON.