Lana Del Lovers
Lana Del Rey - Love (2017)

Repercussão de ‘Love’, novo single de Lana Del Rey, na imprensa

Love, conhecida anteriormente por Young And In Love e primeiro single do próximo álbum de Lana Del Rey, foi lançada na tarde deste último sábado (18) e a imprensa internacional já começou a liberar suas análises sobre a canção.

Selecionamos os principais reviews divulgados até o momento.

Noisey

Depois de uma série de cartazes insinuando o lançamento de uma nova música surgirem em Los Angeles, Califórnia, na última sexta-feira (17), Lana Del Rey finalmente voltou com música nova hoje. Love é a primeira música da nova-iorquina desde o álbum Honeymoon de 2015 e o primeiro sinal da voz de Del Rey desde que ela participou do álbum Starboy de The Weeknd no final de 2016.

Love é, naturalmente, sensual, lenta e descaradamente cinematográfica. Então, Del Rey está no seu melhor. Há tons bem-vindos de Enya nas cordas e tímpanos [instrumento musical tocados com um mínimo de dois tambores], a voz de Del Rey soa como se fosse feita de melado, mel e apenas um pouco de sangue, e no final, é difícil resistir ao romance fatal de tudo isso.

PopCrush

Menos de 24 horas após cartazes misteriosos começarem a se misturar por toda Hollywood, Lana Del Rey liberou sua primeira música de 2017: Love.

Na nova faixa de seu próximo álbum de estúdio, Lana retorna às suas sombrias e cinematográficas raízes pop (como o brilhante Born To Die de 2012) para a esperança da juventude e do amor jovem.

“Olhe vocês, crianças, com sua música vintage / Vindo pelos satélites durante o cruzeiro / Você é parte do passado, mas agora você é o futuro / Sinais cruzados podem ser confusos”, ela fala sobre uma paisagem sonora escassa, em um cenário sonoro suave, pontuando suas observações com perplexidade: “É suficiente apenas te levar à loucura, loucura, loucura.” (E verdadeiramente, é.)

Conforme o refrão entra em cena, Lana encontra a beleza e a pungência na monotonia da rotina diária (“Você fica pronta, se arruma toda / Para ir a nenhum lugar em particular / De volta ao trabalho ou à cafeteria / Não importa, porque é suficiente”), deslizando sobre românticos sintetizadores. “Ser jovem e apaixonada”, ela canta, varrendo todas as tribulações da vida com promessas de adoração otimista.

“Não se preocupe, querido…”, Lana está de volta agora, e tudo vai ficar bem.

Highsnobiety

Após uma misteriosa campanha promocional de pôsteres divulgando um novo projeto de Lana Del Rey intitulado Love em Los Angeles, Califórnia, no início desta semana, o mistério foi resolvido e Love tornou-se o novo single da cantora. Este é seu primeiro single desde 2015, e você pode ouvi-lo agora. A faixa foi produzida por Rick Nowels, Emile Haynie e Benny Blanco e apresenta uma referência lírica e melódica para Don’t Worry Baby dos The Beach Boys. Um álbum não deve estar muito distante e um vídeo para Love já está em pós-produção.

Pitchfork

Após misteriosos pôsteres apareceram em Los Angeles, Califórnia, Lana Del Rey retornou com uma nova música, intitulada Love. A nova canção foi produzida com o colaborador de longa data de Del Rey, Rick Nowels, juntamente com os produtores Benny Blanco e Emile Haynie. Em um comunicado de imprensa, a cantora disse: “Eu fiz meus quatro primeiros álbuns para mim, mas este é para meus fãs e sobre onde espero que todos nós estejamos indo.”

O último lançamento de Lana Del Rey foi com Honeymoon em 2015. No ano passado, ela colaborou com The Weekend em Party Monster e Stargirl Interlude de seu álbum Starboy. Mais tarde, a cantora compartilhou um vídeo de si mesma cantando a canção em sua cozinha.

Confira o vídeo no player abaixo:

Vintage

A post shared by Lana Del Rey (@lanadelrey) on

Idolator

E ela está de volta! Depois dos cartazes em Los Angeles e Nova Iorque, Lana Del Rey retorna ao pop com o single Love. Produzido por Emile Haynie, Rick Nowels e Benny Blanco, o último single da diva sonhadora é uma carta de amor para os fãs e uma afetuosa instantânea agitação da vida adulta. “Olhe vocês, crianças, com sua música vintage, vindo pelos satélites durante o cruzeiro”, ela murmura. “Você é parte do passado, mas agora você é o futuro, sinais cruzados podem ser confusos.”

A cantora de Shades Of Cool reconhece que não há tempo para descobrir as respostas e implora-nos para acompanhar o passeio. “Você fica pronta, se arruma toda para ir a nenhum lugar em particular, de volta ao trabalho ou à cafeteria, não importa, porque é suficiente ser jovem e apaixonada.” É uma reviravolta interessante. Lana literalmente aperfeiçoou o dark-pop. Num momento em que o planeta parece estar fora de controle, a cantora de 31 anos de idade dá meia-volta e traz um pouco de luz para o mundo — ainda que em seu modo melancólico.

Love é o tipo de música que ecoa suavemente em sua consciência, com arranjo exuberante e letras evocativas. Em outras palavras, é uma introdução muito promissora para o quinto álbum de Lana. “Fiz meus primeiros quatro álbuns para mim, mas este é para os meus fãs e é sobre onde eu espero que todos nós estejamos indo”, ela diz em um comunicado de imprensa. Ah, e a imprensa tem outro comentário interessante: “O álbum também incluirá alguns artistas convidados emocionantes”.

 

Tradução por Gabriela dos Santos e Thiago Goedert. – Equipe Lana Del Lovers.
Arte de capa por Trash Magic.