Lana Del Lovers

Retrospectiva 2013

Com certeza o ano de 2013 foi uma ano muito especial para Lana e especialmente para nós, fãs Brasileiros. Muita coisa rolou e já existem novos projetos para o próximo ano, que promete ser muito promissor, mas especialmente nesse ano nós finalizamos juntos a era Born To Die.

Todo mundo fez sua parte: o cd é um sucesso total, tanto o Born To Die quanto o seu relançamento (Paradise), tivemos singles como temas de novelas, excelentes posições no iTunes Brasil e recebemos a Paradise Tour em três apresentações maravilhosas.

A Paradise Tour, que começou em Abril e que já nos visitou, foi muito bem sucedida. A maior parte dos shows aconteceram na Europa, como já prevíamos, mas também visitou a América Latina. O repertório sofreu várias modificações no decorrer dos shows, e as apresentações foram marcadas pela proximidade entre a Lana e os fãs. Muito amor!

capture-20131209-174136

Aposto que todos se lembram do misterioso projeto de despedida que ela mencionou no Twitter enquanto divulgava o curta-metragem Tropico.

“Mal posso esperar para ver vocês na estreia de Tropico no cemitério Hollywood Forever e em Nova Iorque. Estou ansiosa para vê-los em nosso projeto de despedida. Eu adoro vocês e obrigada por me inspirarem.”

Claro que ela estava se despedindo da era Born To Die, mas todos ficamos aflitos até saber disso, eu pelo menos confesso que fiquei. Mas também é uma tarefa difícil terminar um ciclo tão promissor e iniciar um novo momento, criar um novo tema. É praticamente começar tudo de novo, é um momento delicado, mas nós já estamos preparados pra esse novo disco. Ainda não o conhecemos, mas já amamos ele.

Nem tudo foi um mar de rosas em 2013, no decorrer do ano muitas músicas não finalizadas foram divulgadas na internet, o que é totalmente antiético e desmotivante. Após o surgimento dessas demos, começou a rolar uma conspiração e alguns boatos de que não haveria um novo disco e a própria Lana declarou estar triste com a situação e que não se sentia totalmente inspirada para compor um novo material. Felizmente essas músicas não vazam há algum temp, e já  temos a confirmação do próximo disco que se chamará Ultraviolence, que está previsto para o próximo ano. Ansiosos?!

O primeiro trabalho da Lana direto com o cinema também aconteceu nesse ano, a música Young and Beautiful, que foi composta para o filme The Great Gatsby, foi lançada em abril e faz parte da trilha sonora do filme que também recebeu composições de outros artistas como Beyoncé, The XX, Florence and the Machine. E outro single que foi é um hit indiscutível é Summertime Sadness, a canção até recebeu um remix do DJ Cedric Gervais, que fez o mundo inteiro dançar esse hino sad core nas pistas de dança.

E pra fechar o ano com chave de ouro: Lana foi indicada a 56ª edição do Grammy Awards, são duas indicações: Melhor Álbum Vocal Pop pelo EP Paradise e Melhor Música Escrita Para Mídia Visual por Young and Beautiful. Ela vai concorrer com Bruno Mars, Justin Timberlake, Jessie J, Adele e outros. O remix de Summertime Sadness, produzido pelo DJ Cedric Gervais, também foi indicada como Melhor Gravação  Remixada, mas nesse caso o prêmio não vai para Lana, caso vencesse.

E mais um ciclo está se fechando. 2013 já está acabando e  vamos aproveitar esses últimos momentos que antecedem um novo ano que promete ser glorioso, nos resta ser otimistas e que venha o Grammy, que venha Ultraviolence, que venham muitos desafios, enfim, que venha 2014.